domingo, janeiro 10, 2010

Regresso às Origens








Hoje foi dia de tirar a barriga de miséria. Após largos meses sem fazer uma tirada de BTT digna desse nome, 8h30 estavam os suspeitos de sempre no local de costume. Aos poucos o grupo foi-se compondo até chegar aos 11 elementos.
Saimos em direcção à Ribeira Grande para fazer um dos passeios clássicos, com passagem pela Macela, Santa Bárbara e Parque Industrial da Ribeira Grande. Era para ter ido até à Ribeirinha, mas hora já estava avançada e tivemos de abreviar a coisa.
Como disse e muito bem o Levy, algures durante a manhã, foi um passeio da merd*... não pela companhia ou pelos trilhos escolhidos (esses 2 elementos foram 5*), mas porque a merd* foi um elemento presente em diversas secções do passeio... lol
Soube bem pedalar na roda de velhos companheiros do pedal. Se o tempo permitir, Domingo será dia de nova tirada... para onde, depois logo se vê.
Fiquem bem!

5 comentários:

HATT disse...

Jorge tenho mais fotos vou enviar depois coloca.

Mister disse...

Foi bom revisitar vários caminhos clássicos, repletos de histórias que ficaram imortalizadas nos passeios míticos de outrora, o das "8:30 nas portas", em que a malta do norte saltava pro lado sul, e íamos percorrendo o que melhor há na ilha, de XC.

A Macela foi dos primeiros sítios que conheci quando comecei a aparecer nas "portas", local que ficou marcado pelo meu baptismo (ou "batismo", segundo o futuro acordo ortográfico...) numa valente poça de merdume fresquinho, viscoso e hidratante!

Hoje escapei mas tentaram imitar-me com uns pés enfiados no lodo e um joelho que foi ao chão!!!

Gostei do traçado, puro e duro, lama, coco e kms QB, malta porreira, uma manhã divertida que espero que se repita por muitos domingos!

Este blog estava a precisar disto, duma revitalização, dum empurrão!

Vamos ver se é desta que isto começa a animar!

Abraços!

Mister

Ludovic disse...

Foi um passeio daqueles "n te preocupes em desviar das poças, pq daqui a bocado ficas mesmo todo cagado"("é senho, agente fica-se todos cagádos"). Fizemos umas quantas clássicas rapidas, duras, tanto na margem sul como na margem Norte, e até a ponta final entre rabo de peixe e ponta delgada foi a clássica estrada da ribeira grande (ao estilo de contra relogio colectivo) com um rolanço engraçado ao som do toque do tlm do levy...lol.
Pelo meio ainda tive quase a levar com uma "koola" às costas, fazer "pasto planning" com a suspensão total (é outro nivel), assim como "rolo na erva"... e ainda ouvir o Antero a falar c/ o DD chaves por radio sobre as tácticas da equipa... lol. Foi giro. Agora à q limpar o material e lubrificar p/ próximas.

Abraço.

jormed disse...

Por falar em Levy... onde é que ele se meteu na parte final? Cruzamento falhado ou avaria mecânica?

Ricardo Carneiro disse...

ofereço um rebuçado e uma palmadinha nas costas a quem se disponibilizar a limpar a minha "burra"!!! LOLOL
O levy, no que me chegou aos ouvidos foi cruzamento falhado, devido a uma avaria no GPS...