quinta-feira, junho 26, 2008

ANIMA(R) - SANTO ANTÓNIO - 29 de Junho de 2008

LISTA DE INSCRITOS
PERCURSO DA PROVA


Disputa-se no próximo Domingo a 3.ª prova da Taça ANIMA em ciclismo de Estrada. Com partida e chegada na freguesia de Santo António, os ciclistas terão pela frente 76,7 km para percorrer.
Não será tão "plana" tanto quanto seria de desejar, mas as obras que se iniciaram recentemente em Rabo de Peixe tornam impossível a circulação das bicicletas de estrada, obrigando a Organização a fazer um pequeno desvio relativamente ao itinerário proposto inicialmente, o qual implicará subir a Canada Grande no Pico da Pedra.
Ainda assim, e a julgar pelo ano passado, é provável que a velocidade média da prova ultrapasse os 35km/h... veremos.

Fica aqui em detalhe o percurso a seguir:
- Km 0 – PARTIDA SIMBÓLICA às 10h00 do Miradouro de Santo António em direcção à Ajuda da Bretanha, seguindo pela Estrada Regional.
- Km 2,7 – Ponto intermédio 1 – Ramal de Santa Bárbara. Os ciclistas seguirão atrás do carro do Director de Prova até este ponto, onde será dada a PARTIDA OFICIAL através de um sinal sonoro.
- Km 8,8 – Ponto intermédio 2 – Ajuda da Bretanha (junto ao Restaurante “O Águia”). Os participantes irão contornar um pino que será colocado na estrada para inverter o sentido da prova. Prova prossegue agora em direcção à Ribeira Grande, com passagem pelos Remédios, Santa Bárbara, Santo António, Capelas, Fenais da Luz e Calhetas, sempre pela Estrada Regional
- Km 28,7 - Ponto intermédio 3 - Viragem à direita para dar inicio à subida da Canada Grande em direcção ao Pico da Pedra (4km com inclinação média de 3,9%).
- Km 32,7 – ponto intermédio 4 – cruzamento com a estrada da Ribeira Grande. Viragem à esquerda em direcção à Ribeira Grande.
- Km 36,9 – Ponto intermédio 5 – Viragem à esquerda para descer até Sant'Ana.
- Km 38,3 - Ponto intermédio 6 - Viragem à direita em direcção à Ribeira Seca, pela Estrada Regional.
- Km 41,9 – Ponto intermédio 7 – Rotunda da Ribeira Seca. Atletas prosseguem pela Avenida de São Pedro, Conceição, Rua Luiz Vaz de Camões, depois pelo artéria principal da Ribeira Grande em direcção à Riibeirinha.
- Km 45,6 – Ponto intermédio 8 – Viragem à direita na Ribeirinha, seguindo-se pouco depois nova viragem à direita, seguindo pela envolvente da Ribeira Grande e depois pela estrada da Ribeira Grande.
- Km 58,2 – Ponto intermédio 9 – Entroncamento do Pico d’Água – Viragem à direita em direcção à Fajã de Cima pelo Caminho da Adutora.
- Km 62,6 – Ponto intermédio 10 – Fajã de Cima. Viragem à direita no cruzamento do Caminho da Adutora com a Estrada Regional. Prova prossegue pela Estrada Regional em direcção à Costa Norte, passando pela estação da Marconi e descendo pela Atafona de São Vicente.
- Km 70,1 – Ponto intermédio 11 – Bairro do Padre Inácio. Viragem à esquerda para seguir pela Estrada Regional em direcção a Santo António.
- Km 76,7 – Fim da etapa. Linha de meta ficará colocada na Estrada Regional mesmo no marco que faz a transição entre as freguesias de Santo António e Santa Bárbara.

HORÁRIO E PROGRAMA DA PROVA:
9h00 - Abertura do Secretariado para “check in” (miradouro de Santo António)
9h30 - Encerramento do Secretariado
9h40 - “Briefing”
9h55 - Formação da grelha de partida
10h00 - Partida dos ciclistas do miradouro de Sto. António
12h15-12h30 - Chegada prevista do vencedor à meta
13h30 - Cerimónia de entrega dos troféus (Santo António)

Fiquem bem!

8 comentários:

Ludovic disse...

...etapa a rolar...LOL!!!
O melhor da etapa deve de ser a Atafona... a rolar.

jormed disse...

Engraçadinho... agora amanha-te... o teu comentário já não faz sentido... lol

Tiago Martins disse...

Espero que haja regras mais restritas em relação aos carros de apoio.
Pelo menos que quem quiser só ver a prova que o faça mas que não atrapalhe o trabalho dos outros, nem se intrometa pelo meio dos atletas.
Ainda na última prova vi carros em que o apoio era apenas "visual" e o mal é que eram donos da estrada...

RESENDES disse...

Se o Sr. Tiago Martins se está a referir ao carro da PH CLINIC, que é conduzido pelo Dr. Frederico Pacheco, deve dizê-lo abertamente, e pode dizê-lo ao próprio e frente a frente, e frizar que ele prejudicou o seu trabalho.
Quanto a este aspecto penso que irá ser corrigido, pela nossa parte.
Ainda á algum tempo atraz (na primeira prova) houve um atleta da PH CLINIC que numa reunião de equipa que se queichou de um tal fotografo que lhe atrapalhou uma vez que estava deitado no chão no meio da estrada, uma situação que tanbém deverá ser corrigida, embora o Sr. tenha toda a liberdade de acção dentro da prova.
Lembro que a prova decorre sem ter a estrada encerrada, todos a podem ver e acompanhar.

Fred disse...

Como o Resendes ja o disse em cima, nao vejo em como o carro da Phclinic prejudicou o seu trabalho. Vendo bem, se calhar o seu trabalho é que prejudicou muitos automobilistas, visto que a estrada encontrava-se aberta ao transito. Nao sei o que acho mais estranho, se é um homem deitado na estrada em cima da faixa de rodagem, se é um vaículo a circular no seu caminho.Aliaz por varias vezes o carro do Sr.tiago passou por mim e pelos ciclistas, jugo tambem transgredindo regras. Porisso vamos é ter calma!!!!! Estes assuntos devem ser tratados em sede própria, ou seja, cara a cara, nao aqui.

Tiago Martins disse...

Primeiro que tudo eu não me estou a referir ao meu trabalho. Eu não estou a fazer trabalho nenhum propriamente dito pois não sou remunerado para isso.

Estava sim a referir me à comunicação social que teve as mesmas dificuldades.

Eu por mim não tenho boca de abrir e sendo que a minha função é tirar meia dúzia de fotos se der para passar porreiro se não der paciência.

Em relação à minha atitude durante as provas devo salientar que no caso do Dr Frederico Pacheco a única coisa que lamento é não facilitar a passagem. Mas como ele próprio diz, a estrada está aberta a todos e nem todos pensam da mesma maneira.

Concordo que estes assuntos devem ser tratados em sede própria caso haja algo a tratar. De outra forma penso não ser preciso o Sr. Resendes vir-me dizer o que devo ou não dizer. Essas situações aconteceram com a PH CLINIC mas infelizmente não só. Daí que não tenha apontado ninguém. Para isso penso que está a organização.

RESENDES disse...

HO Sr. Tiago, o Sr Resendes pode ter um "T" na testa, mas de certeza que não é de tolo, pode é ser de "TARADO", mas isto é outra história.
O que eu acho nesta conversa é que: Antes de se atirar uma pedra ao cão do vizinho, devemos ver se o cão está amarrado, ou se o portão está fechado, ou ainda se podemos fugir no caso das outras duas opções estarem postas de lado.
E assim recomenda-se a prudência com cães de raça perigosa...
No que respeita ao seu trabalho, porque o é, volta a lembrar que é o fotografo oficial das provas.

Ludovic disse...

...Bem, mais um dia animado, qdo tenho grande dias de trabalho até mto tarde... q pena!
Bem de qq modo, axo q em vésperas de prova, os PH's estão demasiadamente nervosos, sem necessidade. A questao dos carros foi uma realidade. Eu tb presenciei alguns "momentos" desnecessários. Não aponto o dedo a "A", "B", ou "C", pq mtos dos condutores, ou mesmo todos os q cometeram estes ligeiros erros são novos na matéria de dar apoio, e portanto temos é de ir falando para não voltarem a cometer os mesmos erros.
De qualquer modo deixo aqui alguns alertas, para os que vão conduzir, que são os seguintes: Evitem ultrapassar os grupos ou pelotão em rectas onde existem lombas, ou dificuldades na estrada, pq os ciclistas têm sempre tendencia a procurar a outra faixa de rodagem para ultrapassar as dificuldades (refiro-me a lombas, que temos tendência a passá-las pelas bermas, por exº), assim como n se ponham ao lado do pelotão, ou mto em cima de grupos em descidas. São pequenas coisas que são precisas para que tudo corra bem. Aos ciclistas, recomendo, venham sempre cá atrás ao fundo do grupo, qdo quiserem qq tipo de abastecimento, ou seja, convem escolherem momentos de maior "acalmia" na prova para a realização destes abastecimentos, e se for em estrada mais larga, tb ajudará.

Bem, um Abraço.
Não vale a pena esfolar tanto, e já agora, o pelotão vai rolar depressa, mta atenção às quedas.
Vamos evitá-las, andar direito e sem mtas guinadas dentro dos grupos...Nada de adormecer a olhar p/ a roda do adversário... o material é caro, e a pele doi q se farta qdo vai ao alcatrão...falo por experiência própria.