sexta-feira, abril 24, 2009

TAÇA ZON AÇORES - 4.º Prova - GORREANA - 26 de Abril

LISTA INSCRITOS

A TAÇA ZON Açores em XC teve este ano um incremento enorme de participantes, acima das melhores expectativas. Não tem faltado emoção, conversa, discussão… tudo ingredientes das grandes competições.
Este incremento de participantes em números pouco habituais para esta pequena terrinha tem lançado vários desafios à Organização, no sentido de proporcionar as melhores condições a todos os atletas, público e comunicação social.
Depois de nas 2 provas iniciais termos mantido o esquema de corrida do ano passado, procedemos a alguns ajustes para a 3.ª prova (atrasar a largada da corrida C3), mas que ainda não surtiu o efeito desejado.

Para a 4.º prova a disputar no próximo dia 26 na Gorreana serão efectuadas algumas alterações significativas em termos de horários e procedimentos administrativos, para os quais chamamos a vossa atenção:

SECRETARIADO DAS PROVAS
Em eventos com a envergadura destas provas da TAÇA ZON Açores que temos vindo a ter, irão ocorrer sempre imprevistos e atrasos que dificilmente podem ser evitados. São muitas corridas e muitos atletas envolvidos.

Existe no entanto, um momento-chave no desenrolar do dia de provas, que tem falhado em termos de horários e que tem complicado todos os procedimentos seguintes, que é o momento da assinatura do ponto e entrega dos números. Este momento é determinante para o cumprimento dos horários, mas ao contrário de muitos outros é passível de ser controlado pela Organização.

Sendo assim, a partir da prova da Gorreana vamos ser forçados a cumprir na íntegra os horários destinados ao check-in dos atletas. Sendo assim:
- Entre as 9h00 e as 9h30 será efectuado o check-in de TODOS os atletas federados (incluindo os escalões de formação);
- Entre as 10h00 e as 10h30 será efectuado o check-in de todos os atletas inscritos na Promoção.

Quem não efectuar o check-in nos horários previstos não alinhará à partida para a corrida em que estiver inscrito!

(Na prova de Domingo passado de DH houve 2 atletas que chegaram atrasados e não alinharam à partida)

ORDEM DAS CORRIDAS
Irá ocorrer uma alteração significativa a este nível. A prova da Gorreana será disputada em 3 corridas separadas, mas com ordens diferentes:

- Corrida C1 com largada às 10h15, engloba as classes de Formação;

- Corrida C2 com largada às 11h15, engloba as classes (M e F) de Cadetes, Juniores, Sub-23, Elites e Veteranos;

- Corrida C3 com largada às 13h40, engloba a classe de Promoção.

Esta alteração visa dar maior visibilidade à corrida principal do dia, que é sem dúvida a destinada aos escalões de competição (federados). Julgamos que será melhor para os atletas envolvidos, para o público que pretende assistir e também para a comunicação social que acompanhará mais facilmente o evento. Na Batalha nenhum órgão de comunicação social resistiu até às 13h30 para ver a corrida principal…

CERIMÓNIAS PROTOCOLARES
Também aqui serão efectuados alguns ajustes de forma a dar o devido reconhecimento a todos os que têm dado o litro durante as provas. No final da prova irão subir ao pódio os três primeiros classificados de todos os escalões em competição.


Até agora apenas os três primeiros classificados da corrida de Sub-23, Elites e Veteranos (A e B) subiam ao pódio para receber troféu. Este procedimento irá manter-se, na medida em que apenas estes atletas irão receber troféu, mas antes da entrega dos troféus aos melhores da geral, subirão ao pódio os três primeiros classificados de Sub-23, Elites, Veteranos A e Veteranos B.

Infelizmente, esta medida apenas peca por ser tardia.

APRESENTAÇÃO DE PROTESTOS
Esta é uma questão mais delicada, mas que necessita de ser alvo de alguns ajustes para evitar alguma anarquia que impera de momento. Por favor não entendam isto como uma crítica dirigida a quem quer que seja, pois não pretende ser isso. Trata-se apenas de clarificar uma área que começa a ter maior importância dada a dimensão das provas.

Os comissários tomam as decisões que têm de tomar em prova, perante aquilo que vêm pessoalmente ou perante as informações que lhes chegam através de terceiros. Sobre as situações que eles presenciam, os comissários melhor que ninguém sabem fazer o que lhes compete. Agora sobre situações de corrida que estão fora do seu campo de visão, a coisa tende a complicar-se um pouco mais, pois entramos muitas vezes na confrontação da palavra de cada um, como aconteceu recentemente na Batalha.

Existem normas e procedimentos a tomar em casos de denúncias de situações de corrida que eventualmente visem penalizar equipas e/ou atletas envolvidos.

Sendo assim:
- Quaisquer denúncias, reclamações, informações sobre uma situação particular de corrida que entendam fazer ao colégio de comissários, deverá ser feita POR ESCRITO até 30 minutos após a divulgação dos resultados;
- Quem tem legitimidade para interpelar os comissários para o efeito são os directores desportivos das equipas envolvidas na competição, ou então os próprios atletas quando inscritos a título individual;
- Com base nas informações recebidas, o colégio de comissários decidirá em conformidade.

RESUMINDO, O PROGRAMA DE PROVA É O SEGUINTE:

Sábado, dia 25 de Abril

15h00 às 18h00 - Treinos Livres

Domingo, dia 26 de Abril

9h00 às 9h30 - Verificações técnicas para Federados (incluíndo Formação)

10h00 às 10h30 - Verificações técnicas para a Promoção

10h05 - Chamada para C1

10h15 - Partida para C1 - Formação

11h05 - Chamada para C2

11h15 - Partida para C2 - Atletas Federados (M e F)

13h30 - Chamada para C3

13h40 - Largada para C3 - Promoção

15h00 - Entrega de Prémios

Fiquem bem!

4 comentários:

Sérgio disse...

Se for preciso ajuda no sábado para levar material para cima, estacar e fitar o percurso tou disponivel para ajudar.

MOTARTE disse...

São medidas adequadas e mais de acordo com a dimensão das provas!

Tiago Matias disse...

Quero só deixar por escrito o meu protesto, pelo enorme tempo que passa entre o secretariado do escalão (des)promoção e o início da prova. Como tal não irei estar presente, mas a culpa é minha. Devia ter consultado o cartaz da prova, antes de ter largado os 10 euros. Enquanto essa situação não for corrigida, não contem comigo.

jormed disse...

Caro Tiago.
Compreendo a questão que colocas, mas relembro que até agora, quem levou com "horas de espera" foram os atletas federados, e eles nunca reclamaram nas provas anteriores.

Tecnicamente quem tem de estar presente no check-in são os comissários. Apesar de termos 8 pessoas com curso de comissário em São Miguel, apenas 3 estão federados como tal, pois os restantes 5 são também atletas e correram ontem.

Como compreenderás, os 3 comissários têm obrigatoriamente de estar presentes na corrida principal, dado o elevado número de atletas que correm (e 3 até são poucos). Não podemos de forma nenhuma libertar um dos comissários para fazer o check-in da promoção durante a corrida principal.

Restam 2 alternativas:
- ou a promoção faz o check-in antes da corrida principal (como ontem);
- ou a promoção faz o check-in depois da corrida principal.

E agora se me permites passo a dar uma opinião pessoal sobre estas 2 opções:
- A promoção fazer o check-in antes da corrida principal permite (como ficou demonstrado ontem) dar uma continuidade muito boa a todas as corridas. Às 15h00 estava tudo pronto e entregue.
- A promoção fazer o check-in depois da corrida principal significaria que a corrida da promoção só teria início pelas 14h30, a corrida só terminaria às 15h30 (na melhor das hipóteses), troféus entregues depois das 16h00, o custo da ambulância a subir exponencialmente (recebem à hora)... muito complicado.

Termino fazendo um convite para que obtenhas a tua licença desportiva. Só tens a ganhar com isso e ao mesmo tempo estás a ajudar ao crescimento da modalidade. OS atletas da promoção não entram para as estatisticas no final do ano.

Quem gosta realmente desta modalidade e quer dar o seu contributo (genuíno) para o seu crescimento junto das entidades oficiais e do público em geral, tem de obter anualmente a sua licença desportiva (ou de cicloturista). Só assim pode dizer que está a contribuir.