terça-feira, fevereiro 10, 2009

TAÇA ZON AÇORES - A mais procurada.... lol


Alguns biciclodependentes já não sobrevivem sem esta tabela. Afinal a organização sempre tem qualquer coisinha ;)
Ironias à parte, foi o facto de não se ter feito esta tabela no Domingo que originou alguns equívocos nos resultados da corrida C3 (federados), mas que foram prontamente rectificados.
A questão é que não temos sistema informático que faça isto automaticamente e todos aqueles números que ali vêm têm de ser introduzidos manualmente... leva tempo...
Divirtam-se a analisar os andamentos dos adversários. Esta tabela permite inferir muitas coisas interessantes a esse nível;)
Fiquem bem!

8 comentários:

jormed disse...

Ainda não tinha feito a minha análise da corrida. E o melhor é começar por quem merece todo o mérito - o André.

Se houvesse um termo para resumir o comportamento do André, antes, durante e depois da prova, diria apenas que foi PERFEITO!
Teve um início de prova discreto, não tentou sair com o David. Preferiu aguardar mais um pouco para ver como se portava o seu adversário directo, que era o Luís. Aos poucos foi ganhando vantagem, de início muito timidamente, mas depois a partir da 6.ª volta deve ter dito para consigo "ainda posso ir mais rápido e assim foi". Foi o atleta mais regular ao longo de toda a corrida. Os tempos por volta mostram isso mesmo. Apenas numa volta passou a fasquia dos 11 minutos. O "favorito" assumiu-se não antes da prova, mas no decorrer da mesma.

O David quebrou nas 2 últimas voltas. Perdeu não porque o André tenha acelerado para a vitória, mas mais porque o André foi o único que manteve o ritmo durante a prova toda. Na minha opinião o David saiu do grupo um pouco cedo demais, quando o ritmo que estava a ser imposto ainda era muito forte. Saiu de uma forma impressionante é verdade, mas julgo que acabou por pagar a factura no fim. Mas o David é assim mesmo. É um atleta que dá o máximo em todas as provas e a todo o momento. Deixou uma imagem completamente diferente do que há 1 ano atrás, para melhor claro.

A minha prova foi muito estranha. Depois de durante a fase de aquecimento ter-me sentido indisposto, com náuseas, tive um início de prova "doloroso". Descolei do grupo ainda no início da subida da 2.ª volta quando o David esticou, para depois ter recolado ao Luís e André durante a descida. Só comecei a entrar no ritmo a partir da 3.ª volta, mas isso coincidiu com o momento em que o André já começava a ganhar algum avanço sobre o Luís. Entre a 4ª e a 6ª volta senti-me com vontade de forçar o ritmo, mas contive-me para não estragar a fuga do André, pois isso poderia ajudar a recolar o Luís ao André e assim comprometer a vitória da equipa num dos escalões. Só me apercebi das dificuldades do Luis durante a 7.ª volta, mas nessa fase já não havia nada a fazer. Os da frente estavam muito longe e por excesso de confiança, julguei que teria todas as condições para assegurar o pódio na volta final. Eis que surge a surpresa da prova... o Nuno Silva no final da 9.ª volta passa por mim e pelo Luís como uma bala. Consegui reagir de imediato, mas o Luís não.
Para verem a diferença de andamento do Nuno para mim e para o Luís naquela fase, reparem que o Luís perde cerca de 50s na 9:º volta em apenas 1000 metros.
A verdade é que apanhei um susto do caneco com o Nuno, mas foi também das melhores coisas da corrida para mim pois foi o único momento em que tive garra para alcançar um objectivo. Não fora um ramo no desviador que me obrigou a parar na última volta (levando mais um susto, pois o Nuno voltou a ganhar-me alguns segundos preciosos) e teria muito provavelmente feito uma volta abaixo dos 10 minutos. Não foi mau... espero na próxima não acusar tanto a pressão como aconteceu nesta prova.

O Nuno como já referi foi uma das grandes surpresas do dia. Não fora o problema que teve na 6.ª volta e poderíamos ter tido um desfecho diferente. Foi muito azar num dia só para uma pessoa. Um grande abraço para o Nuno e espero ver-te no teu melhor durante as próximas corridas ;)

O Luís... não estava à espera de uma quebra como a que ele teve. Na minha modesta opinião, estás com um calendário sobrecarregado... um tipo não é de ferro. Mas como grande atleta que o Luís é, soube disfarçar ao máximo as dificuldades pelas quais estava a passar. Agora é fácil dizer que podia ter tentado a minha sorte mais cedo, mas a verdade é que o Luís não é um atleta qualquer e o respeito que ele impôs na corrida condicionaram de certo modo o decorrer da mesma. Recupera rápido amigo.

Sobre os restantes apenas posso inferir sobre o seu desempenho com base nos tempos por volta. Mas a mim parece-me que o segredo no Pinhal da Paz esteve em manter os ritmos de corrida. De um modo geral todos conseguiram isso, revelando em todos uma boa base de trabalho e alguma experiência que se vai notando cada vez mais em gerir os esforços em prova.

O "Cadete-mor" cá do sítio saca um 9.º lugar à geral. Não sei se é a sua melhor classificação de sempre, mas de certeza que foi a sua melhor prova de BTT. Aquela insíglia de "B" na licença deu-lhe asas... lol

O Ricardo Carneiro é um dos que mostrou muita regularidade e fez um top-ten na sua estreia absoluta em competição. Pode não ter brilhado tanto como o Nuno, mas o Nuno já anda ligado ao BTT de forma não-oficial há algum tempo.

Pela negativa registo os desempenhos do Fernando, do Viveiros e do Rui Dias. O Viveiros costuma ser um dos mais regulares, mas desta vez quebrou muito no final. O mesmo se diz do Fernando, mas algum stress e alimentação pouco cuidada antes da prova deitaram tudo a perder.
O Rui Dias esteve muito longe daquilo que pode fazer... o lugar dele não é ali. Espero que inicies a tua recuperação rapidamente.

Foi giro o ppl do DH vestido de lycra... Carlins, Emanuel... lol

Nos juniores, tal como se previa, o Mark não teve oposição e dificilmente terá este ano. Ainda assim todos deram o seu melhor.

Em Cadetes, pode ser que o bichinho faça os andamentos melhorarem durante o ano, pois estavam todos motivados. Vai ser interessante e pode ser que surjam mais alguns já na próxima corrida.

Colectivamente foi uma vitória a ferros do NC/Blocoilhas. Tivemos de ir até ao 3.º critério de desempate para elaborar a classificação. Santa Clara, Sportzone e NC/Blocoilhas tiveram todos 2 vitórias. O NC tinha maior número de 2.ºs lugares e o Santa Clara maior n.º de terceiros... mais equilibrado é difícil. Tudo indica que vai ser renhido até ao fim!


Não podia deixar de referir a corrida dos mais novos. Vale a pena investir nestas classes. Irá sempre existir alguma confusão, é natural naquelas idades, mas o mais importante é os miúdos desde cedo ficarem despertos para o que é uma competição de ciclismo. Gostei de ver a organização que o Bruno deu aos seus miúdos.... Desejo a continuação de um excelente trabalho. Os de Vila Franca, liderados pelo Rafael, precisam de um pouquito mais de organização, mas foi a primeira vez que vieram a uma prova do género, por isso há que ter força para continuar.

Na próxima corrida esperamos já ter as licenças todas regularizadas para podermos ter uma classificação colectiva nos iniciados, infantis e juvenis.

Finalmente a promoção... na minha opinião, é muita gente para tão poucas voltas. É muita energia que fica ali acumulada na linha de largada. Depois é uma descarga brutal em muito pouco tempo.
A solução não passa por aumentar o número de voltas dessa corrida… passa sim pela obtenção da licença desportiva para poderem correr na corrida principal. Há pessoal com andamentos muito bons.

Da parte da organização, nem tudo esteve perfeito. Existem algumas atenuantes que podem justificar algumas coisas, nomeadamente as alterações que fomos obrigados a efectuar na véspera da prova por causa do evento de tunas que ocorreu no mesmo dia da prova. O circuito em 2008 tinha sido delineado de forma a evitar "naturalmente" os atalhanços. Por não termos podido usar uma parte do parque, tivemos de arranjar soluções que até tornaram o circuito mais engraçado, mas facilitaram a vida a quem não leva o desporto a sério e faz da batotice o seu dia-a-dia.

As nossas desculpas a quem se sentiu injustiçado, mas a verdade é que, como já referi, quem está ali a trabalhar está de forma voluntária e não é fácil arranjar quem dêem um passo à frente para ajudar (mesmo a sério) como as pessoas que já dão a cara pela organização.

Uma última palavra para a comunicação social. Deram a resposta perfeita e afluíram em massa ao Pinhal da Paz (RTP, Máquinas e Lazer, Produção do Alta-Pressão, Açoriano Oriental). Se me esqueci de alguém as minhas desculpas ;)

Fica a promessa de tentar melhorar aquilo que estiver ao nosso alcance para a próxima prova.

Fiquem bem!

paulo rebelo disse...

Esse tiro de canhão no final fez estremecer algumas árvores André? Deve ter sido do efeito dos Kgs de chocolate q comeste durante a prova, n? eh, eh..
O David fez um aquecimento rápido mas esqueceu-se de ligar o turbo...ou será q o está a poupar?
O Jorge andou literalmente de charrua, essas asas ficaram em casa pra poupar umas gramitas!
O Luis ainda estava a pensar nos furos do Jamor...é muita prova junta!
Grande Nuno, a estrear com um arranque soberbo e um final empolgante!
O Rui Costa marcou posição no BTT e o Bruno já não surpreende ninguém aquilo é só "Carga". O Bartolomeu fez-me voar durante grande parte da prova e levou-me até à exaustão.
Este ano a prova foi mais competitiva, tempos mais próximos, mais gente, mais kadetes, mais bem preparados, excepto alguns q ainda n estão n melhor forma mas vão lá chegar. Isto promete um campeonato bem mais interessante que o anterior, e esse foi o que foi!

MARI disse...

Boas tardes!
Parabéns jorge pelo teu comentário á prova, super detalhado e pormenorizado. Mas tenho que pedir que na próxima te lembres das tuas senhoras lolol!!!!
Fica aqui os parabéns ás meninas que não se pouparam a esforços para fazer uma belissima prova.
Mais uma vez e não me canso de o dizer, é bom ver esta competição saudável que nos faz voltar a competir e a treinar cada vez mais.
Força nas canelas... ;)

jormed disse...

Bom... até me sinto envergonhado com esse "esquecimento"... lolol

Foi imperdoável... mas pronto já disseste o que era preciso.

Parabéns!

paulo rebelo disse...

É verdade Jorge, essa nova categoria de velhotes B veio animar a festa e vai dar muito q falar, pois, há muito pneu pra rebentar pelo caminho e muita tenda pra montar, hé, hé, hé...
Desta vez cometeste um erro grave: n controlaste bem os tempos no Polar! Eu cometi outro, menos grave: ainda n li o raio do manual do Polar, fica pró ano. Se calhar é melhor n ler...

jormed disse...

Muito mais haveria a dizer, mas acrecento 2 pequenas notas:
- O João Paulo Amaral a fazer uma prova de BTT... grande João;
- O João Paulo Medeiros, seguramente um atleta que teria ficado no Top-Ten caso não tivesse acordado com febre na manhã da prova, devido a uma gripe mal curada do fim-de-semana anterior. Deu uma voltita apenas, para não comprometer logo na primeira prova as aspirações ao título de Sub-23.

Ludovic disse...

Boa noite, companheiros do pedal ;)
Quero deixar primeiro os Parabéns à organização, a todos os comissários que estiveram presentes sem os quais não teria sido possível por de pé uma prova como esta já com um número muito bom de participantes, e RECORDE aqui na terra do Gonçalo Velho (pelo menos em termos de XC).
De seguida, quero felicitar toda a minha equipa, a todos os vermelhinhos que por lá andaram a "dar cor" ao verde do Pinhal da Paz, desde os mais novos (Rui Brilhante e o André Valente) até aos Veteranos B( Paulo Rebelo e João Amaral) passando como é óbvio pelos homens do DH(Emanuel e Carlos Pereira) que prometem continuar a ser uma presença assídua no XC, também o Rui Costa que foi uma mais valia ao escalão de Elites, também o esforço da nossa feminina Susi, e os restantes elementos que têm sido o "núcleo duro" desta equipa ao longo deste 4 anos. Infelizmente não estivemos todos como gostaríamos, mas isto é mesmo assim. Melhores dias virão para o Santa Clara que já se apresenta com uma presença bastante forte em prova.
...a prova, qto ao André, já se faziam "apostas" por baixo da mesa, e penso que esteve mto bem. O Davide surpreendeu tudo e todos com a quebra fisica. Qdo fui dobrado pelos dois da frente, o Davide dominava com muito avanço( pelo menos 2mints e 30s, até que o andré me dobrasse...eu ia já no relantie, por isso era um bom "marco móvel").
Mas sei perfeitamente o q é sofrer, ter dificuldades em cima de uma bicicleta, e também sei do q o Davide anda. De qualquer modo, não se tem falado muito, mas o Davide fica na mesma a liderar a taça de XC nos veteranos A (o seu escalão), ganhar tudo é o melhor, mas temos que ver tb os pontos. A taça é feita tb com base em muita regularidade, e ainda à muita água p/ correr (...espero q S.Pedro n leia estas linhas... q tou farto de provas à chuva!!!)
Os Parabéns para todos os NC's e Sportzones e Santa Clara's que entraram pela primeira vez numa prova federada, assim com tb a todas as senhoras que vieram contribuir para termos mais um escalão federado nas provas, uma mais valia em termos federativos. Desde já deixo o convite às Sªs que se quiserem federar, que se podem federar pelo Santa Clara, é só dizerem qualquer coisa mesmo aqui pelo biklas p/ tratarmos do "processo", assim como o pessoal da promoção que pretenda já um "desafio" mais duro, c/ mais suor e sofrimento ;) .
Para terminar, só falta deixar 3 notas: A revelação da prova, para mim foi o Nuno Silva (entrou logo como federado para a liga dos campeões), a evolução do Bruno Joel (q apesar de n ter aceite o meu convite p/ ser reforço da minha equipa e ter-me deixado atropelar um gato à 3 meses atrás...) mostrou q anda próximo da liga dos campeões, e o "cadete" do Santa Clara, o Paulo Rebelo que fez uma prova de grande nível (...bem Paulo, tu ias de mota - KTM...isso n vale :))) ), o vermelho fica-te melhor q o azul ou laranja ;). Espero q tenhamos todos uma excelente época, e q as próximas provas sejam ainda melhores q a do pinhal da Paz (...para mim n será dificil, LOL).

Abraço!

MOTARTE disse...

Excelentes análises!